terça-feira, 24 de novembro de 2015

Pré-cadastro de produtores no Programa Mais Sementes está disponível na internet

Pré-cadastro de produtores no Programa Mais Sementes está disponível na internet


O Programa Mais Sementes, iniciativa do Governo do Estado de apoio aos agricultores na produção de itens essenciais na mesa dos maranhenses, por meio da distribuição de sementes, conta agora com formulário de pré-cadastro de produtores, disponível no site neste link.

.Os produtores interessados em receber sementes de arroz, feijão, milho, hortaliças ou frutas, devem acessar o formulário e preencher com seus dados pessoais e da propriedade em que será feito o cultivo, selecionando as variedades de cada cultura.

As informações recebidas por meio do pré-cadastro irão contribuir para o planejamento da aquisição e logística de distribuição das sementes, de maneira mais adequada às necessidades de cada região, além de permitir um melhor acompanhamento e avaliação da produção e produtividade obtidas, para que, a cada safra, os números sejam melhores e, com eles, a geração de emprego e renda e a qualidade de vida dos maranhenses.

“O Mais Sementes veio para mudar a forma como o estado se relaciona com o produtor maranhense. Depois da distribuição bem-sucedida de sementes de feijão e de hortifrutis, ao longo de 2015, passamos agora para uma nova etapa, que vai nos proporcionar dados mais precisos das necessidades dos produtores maranhenses. A agricultura no estado está sendo pensada e gerida para aumentar a nossa produtividade, levando mais comida para a mesa dos maranhenses, combatendo a pobreza e gerando renda”, afirma o secretário Márcio Honaiser.

Inscrições aqui 

MATOPIBA: 135 municípios maranhenses são selecionados para plano de desenvolvimento

MATOPIBA: 135 municípios maranhenses são selecionados para plano de desenvolvimento


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgou, na última sexta-feira, 13, a lista dos 337 municípios selecionados para o Plano de Desenvolvimento Agropecuário do MATOPIBA (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia). Dos 217 municípios maranhenses, 135 foram incluídos, o que significa mais de 60% do território do estado contemplado com investimentos em políticas públicas, tecnologia, inovação e infraestrutura.

O objetivo desse plano de desenvolvimento é promover o crescimento da classe média rural e o aumento da produção de itens como arroz, milho, soja, algodão e frutas, além da pecuária. A região abrangida é considerada a última fronteira agrícola do país e já vem se destacando, tendo produzido 9,4% das 209,5 milhões de toneladas de grãos na safra 2014/2015.

Para o secretário de Agricultura e Pecuária do Maranhão, Márcio Honaiser, que representa o estado no Comitê Gestor do MATOPIBA, a presença de tantos municípios reflete as grandes potencialidades do Maranhão no setor produtivo e o empenho do Governo do Estado em realizar parcerias com o Governo Federal e atrair investimentos. “A união das características privilegiadas do nosso estado com a vontade política de vê-lo produzir cada vez mais está chamando a atenção dos setores público e privado, que percebem que este é o momento de investir no Maranhão. Como parte do comitê gestor, vamos trabalhar para que esses 135 municípios recebam toda a assistência necessária, das esferas estadual e federal, para transformar seus potenciais em produção, emprego e desenvolvimento social”, disse.

sábado, 7 de novembro de 2015

Governo do Maranhão abre concurso com 1.500 vagas para professores

Governo do Maranhão abre concurso com 1.500 vagas para professores




O Governo do Maranhão publicou, na sexta-feira (6), o edital do concurso público para preenchimento das vagas para o Cargo de Professor do Quadro Permanente da Secretaria de Estado da Educação do Maranhão (Seduc). As inscrições iniciam no dia 14 de novembro e seguem até o dia 29 de novembro.

De acordo com o edital, estão sendo ofertadas 1.500 vagas para provimento. O concurso será organizado pela Fundação Sousândrade. A seleção será composta de duas fases. A primeira será a prova objetiva e de múltipla escolha, que possui caráter eliminatório e classificatório. A segunda consistirá na prova de títulos, de caráter apenas classificatório.

“O concurso público para professores é mais uma ação do governo Flávio Dino de valorização dos profissionais da educação, com vista na qualidade do ensino e da aprendizagem dos nossos estudantes maranhenses”, destacou a secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres.

O certame também possibilitará o ingresso de profissionais da educação especial ao Sistema Estadual de Ensino, melhorando o atendimento às pessoas com deficiência, matriculadas nas escolas da rede estadual de ensino.



Fonte: SEGEP

Lula tirou 38 milhões da miséria, e com Temer em 1 ano mais 3 milhões voltam à extrema pobreza

Lula tirou 38 milhões da miséria, e com Temer em 1 ano mais 3 milhões voltam à extrema pobreza O número de pessoas que ganham m...